NR 5 – COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES – CIPA

A NR5 – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), tem como objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador. A CIPA deve ser constituída e se manter em funcionamento em todas as empresas que admitam trabalhadores como empregados. É composta por representantes do empregador e do empregado. Os riscos dividem-se em: Risco de Acidentes: as máquinas e equipamentos sem proteção, probabilidade de incêndio e explosão, arranjo físico inadequado, armazenamento inadequado, etc; Riscos ergonômicos: o levantamento de peso, ritmo excessivo de trabalho, monotonia, repetitividade, postura inadequada de trabalho, etc; Riscos físicos: ruído, calor, frio, pressão, umidade, radiações ionizantes e não-ionizantes, vibração, etc; Riscos químicos: as substâncias, compostos ou produtos que possam penetrar no organismo do trabalhador pela via respiratória, nas formas de poeiras, fumos gases, neblinas, névoas ou vapores, ou que seja, pela natureza da atividade, de exposição, possam ter contato ou ser absorvido pelo organismo através da pele ou por ingestão. Riscos biológicos: bactérias, vírus, fungos, parasitas, entre outros.

Referência:
Norma regulamentadora nº 5, de 8 junho de 1978. Brasília: Ministério da Saúde, 1978. Disponível em: <http://www.camara.gov.br/sileg/integras/839945.pdf>. Acessado em: 20 ago. 2017.